• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Em reunião com Comissão de Fiscalização, ANTT confirma volta das obras de duplicação da BR-101

  • COMPARTILHE
Política

Em reunião com Comissão de Fiscalização, ANTT confirma volta das obras de duplicação da BR-101

Além disso, as balanças móveis para aumentar a fiscalização sobre os veículos que trafegam na via também serão instaladas.

A Comissão de Fiscalização da BR-101, composta pelos deputados federais capixabas, se reuniu nesta terça-feira (19) com o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, para tratar do cumprimento do contrato de duplicação da BR-101.

No encontro, Jorge Bastos confirmou que a ECO 101, concessionária que administra a via, vai retomar as obras de duplicação durante o próximo mês, conforme havia sido informado pelo governador Paulo Hartung na semana passada. Além disso, as balanças móveis para aumentar a fiscalização sobre os veículos que trafegam na via também serão instaladas.

“Já estão autorizadas duas balanças de pesagem para controlar os pesos das cargas que passam pela rodovia, afinal esta tem sido uma das causas de acidentes na rodovia, além dos problemas relacionados à duplicação”, frisou Bastos.

Durante o encontro, o deputado Sergio Vidigal (PDT) cobrou um posicionamento mais firme da Agência com relação a ECO 101, além de uma maior fiscalização nas rodovias.

“Precisamos de mais comprometimento da ECO-101 para cumprir os acordos firmados. Você pode até triplicar uma pista, mas se o motorista estiver sob efeito de entorpecentes, veículo com pneu careca e o transporte de cargas pesadas, como o granito, não teremos segurança na rodovia. Precisamos saber o que pode ser feito para termos mais segurança na BR-101”, comentou o deputado.

Para discutir o assunto, o diretor da ANTT sugeriu uma reunião com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) sobre o tema. "Vamos fazer uma reunião com a Polícia Rodoviária Federal que tem a competência legal para o assunto. Vamos ajudar no que for possível para poder melhorar essa fiscalização”, disse o executivo. 

Revisão do contrato

Prevista no contrato assinado entre a ANTT e a concessionária, a revisão quinquenal do contrato (de cinco anos) continuará sendo feita em conjunto com a comissão, a fim de que o documento seja adequado às condições atuais, de forma que não impacte negativamente os usuários.

Jorge Bastos ainda afirmou que após a revisão de todos os itens, a ANTT fará uma audiência pública com o aval do Tribunal de Contas da União e demais órgãos de controle, a fim de validar a parte técnica e, após todos esses trâmites, prosseguir com o resto do contrato.