• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ainda sentindo dores, Vidigal continua internado e não tem previsão de alta médica

  • COMPARTILHE
Política

Ainda sentindo dores, Vidigal continua internado e não tem previsão de alta médica

Ele se manteve estável, fez alguns exames complementares de sangue que demonstraram um traumatismo muscular e, diante disso, a equipe médica achou melhor deixá-lo internado por mais um tempo", revelou o filho do deputado

O deputado federal Sergio Vidigal (PDT) segue internado no Hospital Metropolitano, na Serra, onde se recupera do acidente do último domingo (1º), sofrido em Manhuaçu, Minas Gerais, a caminho de Brasília.

Acompanhando de perto a recuperação do pai, Sergio Vidigal Júnior, o Serginho, revelou que o parlamentar vem realizando ao longo do dia novos exames para verificar seu estado de saúde.

"Ele se manteve estável, fez alguns exames complementares de sangue que demonstraram um traumatismo muscular e, diante disso, a equipe médica achou melhor deixá-lo internado por mais um tempo", revelou Serginho, que não soube precisar mais quantos dias o pai deve ficar internado.

Segundo o filho, o repouso ainda é necessário para que Vidigal deixe o hospital em plenas condições. No entanto, por ter uma vida corrida e cheia de atribuições devido ao cargo que ocupa, ficar parado no hospital tem causado certo "incômodo" ao pedetista.

"Eu, particularmente, nunca vi ele tanto tempo de molho, parado. Então realmente ele tá com vontade de sair, mas ele entende que precisa seguir as restrições médicas e continuar internado por mais um tempo", frisou.

Sem recordações

Serginho revelou que o pai não tem nenhuma lembrança do momento do acidente. "Ele não se recorda de nada e isso é até um mecanismo de defesa nosso, é comum que a gente esqueça o momento do trauma. O assessor que estava com ele disse que eles tiveram a infelicidade de aquaplanar o carro e bater na árvore", concluiu.