• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ministro confirma que Temer se sentiu mal e foi levado ao hospital do Exército

  • COMPARTILHE
Política

Ministro confirma que Temer se sentiu mal e foi levado ao hospital do Exército

O Palácio do Planalto informou que o porta-voz do presidente Michel Temer, Alexandre Parola, falará nesta tarde sobre o estado de saúde do peemedebista. Segundo auxiliares, Temer passou mal hoje de manhã, com problemas urológicos

Brasília - O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Sergio Etchegoyen, informou na tarde desta quarta-feira, 25, que o presidente Michel Temer se sentiu mal nesta manhã no Palácio do Planalto e foi levado ao hospital do Exército. O general, entretanto, não deu mais informações. Segundo fontes disseram ao jornal O Estado de S. Paulo, Temer passa por exames. A notícia da internação do presidente foi divulgada pela GloboNews.

Temer, que completou 77 anos em setembro, fez um check-up recentemente em São Paulo. Temer cumpria agenda normalmente nesta quarta-feira, dia que a segunda denúncia contra ele pode ser apreciada pelo plenário da Câmara dos Deputados.

A reportagem entrou em contato com o médico do presidente Jorge Kalil, diretor do hospital Sírio-Libânes, em São Paulo, mas ele disse que não poderia falar naquele momento.

Depois de informar que o porta-voz do presidente Michel Temer falaria com a imprensa sobre o estado de saúde do presidente, o Palácio do Planalto anunciou que a fala de Alexandre Parola foi cancelada e divulgou uma nota a respeito do estado de saúde do presidente.

De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, Temer teve um desconforto no fim da manhã de hoje e foi consultado no próprio departamento médico do Palácio do Planalto. "O médico de plantão constatou uma obstrução urológica e recomendou que fosse avaliado no Hospital do Exército, onde se encontra para realização de exame e devido tratamento", diz o texto.