• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Vereador de Jaguaré assume cargo de prefeito por 40 minutos, mas liminar derruba decisão

  • COMPARTILHE
Política

Vereador de Jaguaré assume cargo de prefeito por 40 minutos, mas liminar derruba decisão

João Vanes ocupou o cargo por apenas 40 minutos, já que Ruberci conseguiu, através de seus advogados, entrar com uma liminar anulando a sessão que o afastava do poder.

O município de Jaguaré, no norte do Estado, viveu durante esta semana mais uma situação inusitada em virtude dos problemas políticos que o município atravessa. Em menos de 24 horas, a cidade teve dois prefeitos no comando da administração municipal, sendo que um deles ficou no cargo por menos de uma hora.

O imbróglio da vez envolveu o prefeito em exercício, Ruberci Casagrande (DEM), e o presidente da Câmara, João Vanes (SD). Ruberci teve seu mandato cassado pela Câmara Municipal na última quarta-feira (18) e, por conta dessa situação, viu João Vanes assumir o cargo na manhã de quinta-feira (19).

No entanto, Vanes ocupou o cargo por apenas 40 minutos, já que Ruberci conseguiu, através de seus advogados, entrar com uma liminar anulando a sessão que o afastava do poder.

Segundo o advogado do demista, o processo na Câmara está errado porque o prefeito não foi ouvido em nenhum momento. Ele é suspeito de utilizar veículos e máquinas oficiais em proveito próprio; comprar produtos e mercadorias sem licitação e em desacordo com o objeto do contrato; superfaturar compras de produto, entre outras denúncias.

Entenda

Somente em 2017, o município de Jaguaré já teve três prefeitos. Eleito ano passado com 7006 votos, ou 42,13% dos votos válidos, Rogério Feitani (PMN) foi afastado do cargo em abril, junto com outros cinco outros servidores, após o Ministério Público deflagrar a Operação Arremate - que investiga o fraudes em licitações e em processo seletivo para contratação de servidores públicos.

Com a saída de Feitani, o vice-prefeito Ruberci Casagrande assumiu o cargo. O terceiro a ocupar o posto no município - e que passou o menor tempo no cargo - foi João Vanes.