• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Votação que libera Colnago para concorrer a presidência do PSDB pode ser refeita

  • COMPARTILHE
Política

Votação que libera Colnago para concorrer a presidência do PSDB pode ser refeita

ONG Transparência Capixaba vai protocolar junto ao Conselho de Ética solicitação para uma nova análise da decisão

A novela da liberação de Colnago para disputar a presidência estadual do PSDB nas eleições que acontecem no próximo dia 11 estão longe de terminar.

A ONG Transparência Capixaba vai protocolar na próxima quarta-feira (25) um pedido para que o Conselho de Ética Estadual volte a analisar a decisão tomada na última sexta-feira (20), que liberou governadores, prefeitos e seus respectivos vices a concorrem a cargos de líderes partidários.

"Protocolaremos o pedido, provavelmente, na quarta-feira devido as várias situações que fizeram com que essa decisão fosse questionável. Queremos que o Conselho volte a analisar a decisão e que isso seja feito em uma reunião aberta", disse o secretário-geral da ONG, Edmar Camata.

"Houve uma decisão do presidente por não aceitar o voto de alguém que mandou o voto por escrito e essa é uma votação que tem impacto direto na eleição de 2018, impacto esse favorável ao atual governo", completou.

O questionamento de Camata - e de grupos políticos contrários a decisão - se deve ao fato do voto escrito encaminhado pelo conselheiro Edebrande Cavalieri, contrário a decisão de permitir que Colnago concorresse ao cargo, não ter sido acatado.

Cavalieiri votaria contra e como seu voto não foi acatado, o presidente do Conselho, Jovacy Peter Filho, desempatou a disputa liberando a eleição.

"Tive poucas conversas com pessoas do Conselho, mas todos se mostraram surpreendidos com a decisão. Então, para resguardar a imagem do órgão, acredito que eles vão, pelo menos, rediscutira decisão", concluiu.