• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Centro Avançado dos Juizados da Infância e da Juventude de Vitória é inaugurado

  • COMPARTILHE
Política

Centro Avançado dos Juizados da Infância e da Juventude de Vitória é inaugurado

O espaço, localizado no bairro Santa Martha, na Grande Maruípe, oferecerá melhores condições de trabalho para juízes e servidores e mais conforto para o atendimento dos jurisdicionados

O governador Paulo Hartung (PMDB), o presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES), Desembargador Annibal de Rezende Lima, e diversas outras lideranças do Estado participaram na manhã desta sexta-feira (24) da inauguração no novo Centro Avançado dos Juizados da Infância e da Juventude de Vitória.

O espaço, localizado no bairro Santa Martha, na Grande Maruípe, oferecerá melhores condições de trabalho para juízes e servidores e mais conforto para o atendimento dos jurisdicionados, além de servir como local destinado para a realização de projetos da justiça capixaba.

Além de Hartung e Anibal, o evento contou com a presença de diversas outras autoridades, como o Corregedor Nacional de Justiça, Ministro João Otávio de Noronha; a senadora Rose de Freitas (PMDB), o deputado federal Lelo Coimbra (PMDB), além de outros políticos e membros do judiciário.

“Essa é uma vitória muito importante para o Poder Judiciário. A cidade de Vitória recebe hoje um espaço extremamente importante para o exercício da cidadania e perfeitamente adequado para os serviços do Poder Judiciário. A vinda para esse espaço possibilitará que o Poder Judiciário exerça plenamente o seu papel, que realize nesse local todos os programas previstos pelo Conselho Nacional de Justiça”, destacou o presidente do TJ-ES.

Quem também elogiou a implantação do novo espaço e ressaltou a importância do trabalho exercido com os jovens no local foi o governador Paulo Hartung, que destacou o número de jovens no sistema prisional.

“Precisamos cuidar da infância e adolescência de nosso Estado e país. De tempos em tempos visito o sistema prisional e constato que, na sua grande maioria, quem está lá são jovens e mais de 70% com alguma conexão com as drogas. Fizemos uma pesquisa inédita em nosso Estado, em 25 comunidades, com jovens. Só teremos sucesso se aplicamos políticas públicas que nasçam de baixo para cima, priorizando cultura, educação e esporte", completou Hartung.