• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Quase metade dos eleitores de Vila Velha não realizaram biometria e cresce possibilidade de filas

  • COMPARTILHE
Política

Quase metade dos eleitores de Vila Velha não realizaram biometria e cresce possibilidade de filas

A baixa adesão dos eleitores canela-verde atrelados a uma prática comum dos brasileiros - de deixar tudo para última hora - têm deixado a Justiça Eleitoral receosa nessa reta final do recadastramento, que vai até o dia 19 de janeiro

O recadastramento biométrico em Vila Velha começou há mais de cinco meses, no dia 26 de junho, e até o momento pouco mais da metade do eleitorado do município, cerca de 54% dos votantes, realizou a biometria obrigatória.

A baixa adesão dos eleitores canela-verde atrelados a uma prática comum dos brasileiros - de deixar tudo para última hora - têm deixado a Justiça Eleitoral receosa nessa reta final do recadastramento, que vai até o dia 19 de janeiro: que as filas e o tempo de espera aumentem consideravelmente nas últimas semanas.

De acordo com o coordenador da Central da Biometria em Vila Velha, Marcos Souza, o número de eleitores no local até aumentou nos últimos dias, mas ainda está abaixo do esperado.

"Desde a última semana, o número de atendimentos no local praticamente dobrou. Estávamos atendendo cerca de 800 pessoas e de uma semana para cá o número de atendimentos aumentou para 1500 pessoas, por dia. Mas ainda estamos abaixo do esperado, afinal ainda falta fazer a biometria de quase 115 mil pessoas", disse Souza.

Filas

Uma das maiores preocupações do coordenador é que aconteça em Vila Velha o mesmo que aconteceu em Vitória no ano passado, quando o tempo de espera nos últimos dias foi extremamente superior a média dos primeiros meses.

"Em Vila Velha não há indicação de prorrogação de prazo, que vai até o dia 19 de janeiro. Então, se deixar para última hora, as pessoas vão enfrentar filas de espera que vão de 3 a 5 horas. Atualmente, o tempo de espera é de 30 minutos, no máximo", explicou

Segundo Souza, os eleitores precisam ficar atentos também aos documentos necessários para realizar o recadastramento: "É necessário alistamento militar, para pessoas do sexo masculino, comprovante de residência recente e documento com nome atualizado. Muitas pessoas não estão conseguindo fazer a biometria por virem com nome antigo, nome de solteiro, por exemplo", concluiu.

Atendimento

Funcionando no Shopping Boulevard, a Central de Biometria funciona de segunda a sábado, das 10 às 18 horas. Os únicos dias que o local não estará funcionando são 25 de dezembro (Natal) e 1º de janeiro (Ano Novo).

No interior

Além de Vila Velha, outras quatro cidades do interior capixaba estão em período de recadastramento biométrico. A situação mais preocupante é de São José do Calçado, onde o prazo para realizar a biometria se encerra nesta sexta-feira (30) e apenas 63% dos eleitores realizaram o cadastro.

Em Presidente Kennedy, onde 52% dos eleitores já realizaram a biometria, o prazo acaba no dia 29 de dezembro. Completam a lista: Ibatiba e Anchieta, que fazem o recadastramento até o início de janeiro.

Confira a lista completa e a porcentagem de eleitores regularizados:

São José do Calçado: até 30 de novembro - (63%)

Presidente Kennedy: até 29 de dezembro - (52%)

Ibatiba: até 04 de janeiro - (33%)

Anchieta: até 06 de janeiro - (40%)

Vila Velha: até 19 de janeiro - (53%)