• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Vereadores de Marechal Floriano aprovam lei que concede 13º salário a eles mesmos, prefeito e vice

  • COMPARTILHE
Política

Vereadores de Marechal Floriano aprovam lei que concede 13º salário a eles mesmos, prefeito e vice

O município de Marechal Floriano conta com nove vereadores, que recebem mensalmente R$ 4,6 mil, cada, para participarem de duas sessões por mês na Câmara

Os vereadores de Marechal Floriano aprovaram, por unanimidade, na noite da última terça-feira (21) o projeto que concede o 13º salário aos próprios vereadores, ao vice-prefeito e ao prefeito da cidade.

O projeto agora segue para sanção do prefeito Cacau Lorenzoni (PP), que pode vetá-lo ou aprová-lo. O município de Marechal Floriano conta com nove vereadores, que recebem mensalmente R$ 4,6 mil, cada, para participarem de duas sessões por mês na Câmara. O vice-prefeito da cidade, Junior Lovatti, recebe R$ 7,6 mil e o prefeito R$ 10,8 mil.

Caso o projeto seja aprovado, um ônus de cerca de R$ 60 mil vai ser gerado aos cofres municipais.

O vereador Dodo Krohling (DEM) não considera a aprovação da lei algo imoral, mesmo em tempos de recessão econômica. "Existe uma Lei Federal que permite que os vereadores recebam o 13º salário. Além disso, recebemos aval da Procuradoria da Casa e economizamos durante todo o ano na Câmara. Queria votar contra o projeto, mas votei a favor igual todos os outros vereadores e agora vou sustentar meu voto. Cabe a cada um depois analisar o que vai fazer com o dinheiro".

O prefeito Cacau Lorenzoni foi procurado através de sua assessoria, mas não se pronunciou até a publicação dessa matéria.

Abono

Outro polêmico projeto apresentado pela Mesa Diretora sugere o pagamento de um abono de R$ 1600 de abono para todos os servidores da Câmara. O documento foi aprovado pelos vereadores na Sessão Ordinária do dia 22 de setembro.

A assessoria do prefeito também não soube informar se o projeto foi aprovado pelo executivo.