• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Clima de indecisão aumenta em São Mateus e presidente da Câmara se prepara para assumir o governo

  • COMPARTILHE
Política

Clima de indecisão aumenta em São Mateus e presidente da Câmara se prepara para assumir o governo

Carlos Alberto Gomes Alves (PSB) deve assumir o cargo até a próxima quarta-feira (13). Antes mesmo de assumir, vereador disse que não iria governar para o povo

Condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES), o prefeito eleito de São Mateus, Daniel da Açai (PSDB), deve deixar o comando da prefeitura a qualquer momento após o TRE publicar a decisão que nega o recurso apresentado pela sua defesa.

Apesar de ter confirmado novamente que vai entrar com recurso junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para reverter a situação, a probabilidade é que o presidente da Câmara de Vereadores, Carlos Alberto Gomes Alves (PSB), assuma o cargo nos próximos dias.

"Até agora eu não fui notificado pelo TRE-ES, então continuo aqui na Câmara e ele [Daniel da Açaí] lá dentro da prefeitura. Mas, se assumir o cargo, vou agir com muita calma e cautela, sem precipitação", disse o vereador que completou revelando sua posição quanto ao afastamento do tucano.

"Eu não vejo com bons olhos tudo que está acontecendo. Gostaria que não tivesse acontecendo nada disso porque isso cria um desgaste a nível de Estado, a nível de País. As pessoas que querem investir começam a ver essa instabilidade política e desistem de investir aqui. Mas, de qualquer forma, vou respeitar a decisão de justiça Se não fosse eu, como presidente da Câmara, outro vereador teria que assumir", explicou Carlos Alberto.

Polêmica

Antes mesmo de assumir o cargo de prefeito, o presidente da Câmara já vê seu nome ligado a uma polêmica. Em um áudio gravado para uma suposta entrevista, Carlos Alberto revela que, quando assumir a prefeitura “não vai governar para a periferia e sim, para os empresários".

Questionado pela jornalista Andréia Soares, da Coluna Bastidores, sobre o áudio, o socialista afirma que houve uma montagem para denegrir sua imagem. “Eu sou de origem humilde e jamais diria isso sobre os pobres, de onde vêm a maior parte dos meus votos”, disse o parlamentar.

A divulgação ocorre poucos dias após o prefeito Daniel da Açai revelar estar triste por sair do cargo e ver calada a voz da periferia no poder.