• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Comissão de Infraestrutura pede ao MPF recuperação estrutural da Segunda Ponte

  • COMPARTILHE
Política

Comissão de Infraestrutura pede ao MPF recuperação estrutural da Segunda Ponte

Membros da Comissão realizaram vistorias em três pontes da Grande Vitória e a situação da Segunda Ponte foi a que mais chamou atenção

Os problemas estruturais e o trabalho de avaliação técnica da Segunda Ponte foram apresentados na manhã desta segunda-feira (18) em uma reunião da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, presidida pelo deputado Marcelo Santos (PMDB).

Diante da necessidade de reforma da Ponte, que apresenta rachaduras, fendas e ruptura de pequenos pedaços de concreto, a Comissão vai entrar com uma ação junto ao Ministério Público Federal (MPF) para que a recuperação estrutural do local seja realizada em regime emergencial.

Em outubro, membros da Comissão realizaram, junto de funcionários do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES), vistorias na Terceira Ponte, Segunda Ponte e Ponte Florentino Avidos para verificar a base das edificações. Segundo o deputado Marcelo Santos, a situação da Segunda é a que mais chama atenção.

"A Terceira Ponte é a única que segue um cronograma de manutenção preventiva. Por outro lado, a situação da Segunda está muito precária e é necessário que seja feita a recuperação estrutural porque existe um comprometimento da estrutura. Não é algo alarmante, mas se não for feito em caráter emergencial pode causar um mal maior", explica.

O ligamento da Rodoviária de Vitória também foi discutido na reunião. Segundo o deputado, o local não passou por nenhuma manutenção preventiva, o que compromete a estrutura e pode causar problemas futuros.

A ação será protocolada no Ministério assim que toda a documentação do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES) for entregue à Comissão e será encaminhado um ofício aos órgãos responsáveis tanto pela Segunda Ponte quanto pela Rodoviária. 

Com relação a rodoviária, a Comissão vai oficiar a Contermi, empresa terceirizada que administra o local, e a Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger), que contrata a empresa.