• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Projeto elaborado pela Prefeitura da Serra gera polêmica com professores do município

  • COMPARTILHE
Política

Projeto elaborado pela Prefeitura da Serra gera polêmica com professores do município

O texto encaminhado a Casa de Leis reduz em 15 dias as férias do magistério, que tem direito por lei a 45 de férias.

Um Projeto de Lei encaminhado pela Prefeitura da Serra para apreciação dos vereadores tem gerado confusão e polêmica com os professores que trabalham no município. O texto encaminhado a Casa de Leis reduz em 15 dias as férias do magistério, que tem direito por lei a 45 de férias.

O projeto, que também extingue vagas de professores de informática, gerou revolta dos professores, que começaram a reivindicar pelas redes sociais e se fizeram presentes na Sessão Ordinária desta segunda-feira (4). De acordo com o professor Gean Carlos Nunes de Jesus , do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes), o projeto é uma afronta a categoria.

"O prefeito mandou esse projeto para a Câmara na surdina, sem nunca ter recebido a categoria para conversar. É o segundo projeto que retira direitos dos professores encaminhado para a Câmara em menos de um ano", explica o professor.

Para reivindicar contra o projeto, a categoria fará um protesto no fim da tarde desta segunda-feira (4), em frente a Escola Darcy Ribeiro, em Nova Almeida, local onde estará funcionando a Câmara Itinerante do município.

Resposta

A Prefeitura da Serra informou que houve um erro de redação no Projeto Lei Nº 292/2017 no que diz respeito ao recesso dos profissionais da Educação, quando em regência de classe e que um novo projeto garantindo os 30 dias de férias e 15 dias de recesso para os profissionais regentes de classe será encaminhado a Câmara nesta segunda-feira (4).

Sobre o fim do cargo do professor de laboratório, a Secretaria Municipal de Educação afirma que as aulas que ocorrem nos laboratórios de informativa educativa da rede municipal de ensino da Serra são ministradas pelo professor regente de classe com o apoio do mediador de informática educativa.

A PMS garante que as aulas nos Laboratórios de Informática educativa (LIE) continuarão acontecendo. E que está sendo planejado um novo formato para o funcionamento do espaço.