• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Relembrando o passado e apostando novamente na força do povo, Lula abre caravana em Vitória

  • COMPARTILHE
Política

Relembrando o passado e apostando novamente na força do povo, Lula abre caravana em Vitória

Ex-presidente abriu nesta segunda-feira (4), em evento com grande número de apoiadores, a terceira fase das caravanas pelos estados brasileiros. Na manhã desta terça (5), ele se reúne com reitores e diretores do Ifes, em Cariacica

Discurso do ex-presidente durou cerca de 35 minutos. Evento reuniu diversas lideranças do partido.

Já se declarando candidato e discursando para um grande número de apoiadores e militantes que encheram a Praça Costa Pereira, no centro de Vitória, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciou nesta segunda-feira (4), a terceira etapa da caravana pelos estados brasileiros.

Garantindo não temer uma disputa com nenhum outro postulante ao cargo de presidente da República, Lula discursou por cerca de 35 minutos e iniciou atacando o governo do atual presidente Michel Temer.

"Quase tudo que nós construímos de políticas públicas nesse país está sendo desmontado por um governo que não destruiu apenas a Dilma, mas rasgou também 54 milhões de títulos de eleitores que votaram na Dilma. Se a Dilma teve que sair, segundo a lógica deles, porque perdeu a governabilidade e estava mal nas pesquisas [de intenção de votos], e o Temer?", indagou.

O petista fez questão de lembrar ainda diversos feitos do seu governo que geraram benefícios para as classes sociais mais baixas do Brasil, como o aumento no número de empregos formais criados, de instituições federais criadas, de jovens inseridos nas universidades e da melhoria da qualidade de vida para os trabalhadores.

"Não fiquem com essa bobagem que o Lula não vai ser candidato porque eu vou ser candidato e vou melhorar a vida de vocês", disse o ex-presidente antes de ser aplaudido pelos apoiadores.

A Polícia Militar informou, por nota, que não realizou a contabilização dos participantes do evento em prol do ex-presidente Lula. 

Praça Costa Pereira ficou lotada de apoiadores e membros de movimentos sociais 

Discurso similar

O fim da fala do ex-presidente poderia representar qualquer outro discurso feito por ele desde quando tentava se eleger pela primeira vez. Falando para as classes mais baixas e com a promessa de garantir mais direitos a todos caso seja eleito, ele destacou a importância da população para voltar ao poder.

"Não é porque eu sou nordestino não. É porque nós conseguimos que a empregada doméstica fosse tratada com respeito. Nós conseguimos fazer com que as pessoas mais humildes conquistassem cidadania, mas ainda é pouco. Eles tem que saber que nós queremos mais. Nós trabalhadores brasileiros gostamos de coisas boas, de qualidade. É isso que nós queremos. Se ninguém quiser me apoiar, não tem problema. Eu tenho o apoio da coisa mais sagrada que é o povo brasileiro", concluiu.

Caravana

Na manhã desta terça-feira (05), a caravana de Lula segue no Espírito Santo, desta vez em um evento fechado. A partir das 10 horas, o petista se reunirá com diretores e reitores do Ifes de Cariacica.

Logo depois, ele seguirá para o Rio de Janeiro, onde continuará a realizar a caravana até a próxima sexta-feira (8). Antes, no entanto, fará três breves paradas nas cidades de Viana, Iconha e Cachoeiro de Itapemirim.

No Rio de Janeiro, a caravana prosseguirá até a próxima sexta-feira (8), com evento em diversas cidades cariocas.