• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Vereador propõe mudança do desenho que simboliza idosos em Vitória

  • COMPARTILHE
Política

Vereador propõe mudança do desenho que simboliza idosos em Vitória

Segundo Max da Mata, a proposta surgiu da intervenção de uma pessoa idosa

Um projeto apresentado pelo vereador Max da Mata (PDT) na Câmara dos Vereadores de Vitória, propõe a mudança do pictograma que simboliza a pessoa idosa na Capital. O atual desenho mostra uma pessoa curvada e com bengala e a mudança sugere que ele seja substituído por uma pessoa ereta com um '60+'.

O vereador explicou que a proposta surgiu a partir da intervenção de uma pessoa idosa que não se sente representada pela imagem. Segundo Max, o projeto dá mais dignidade ao idoso e também melhora a autoestima.

"Era uma pessoa com cerca de 65 anos, mas bem ativa. Ela dizia que se sentia incomodada toda vez que tinha que se apresentar como idosa porque ao olhar a imagem do criptograma, as pessoas olhavam pra ela com desconfiança, já que ela não era curvada e não usava bengalas. Na nossa opinião, esse projeto dá mais dignidade ao idoso, melhora a autoestima e faz com que ele não se sinta constrangido", explicou Max.

O projeto é específico para a cidade de Vitória e ainda vai passar pelas comissões da Câmara dos Vereadores do município para depois ser votado no Plenário. O autor do projeto reforça a mudança não vai gerar custos, já que as placas serão substituídas aos poucos, a medida que outras forem retiras.

"Para não gerar custos, a intenção é que na medida que os órgãos forem trocando essas placas indicativas, elas já contenham esse criptograma novo para que não tenha a necessidade de mudar todas. Conversei com algumas empresas, elas gostaram da ideia e disseram que estão dispostas a colocar o novo desenho", afirmou.

Max ainda reforçou que o projeto não é o mais importante para os idosos e outros assuntos merecem uma atenção maior. No entanto, segundo ele, o impacto das mudanças propostas pelo projeto pode ser mais rápido. 

"Essa não é a coisa mais importante para os idosos. Tem outros assuntos que talvez sejam mais prioridade, mas muito deles não são de competência municipal, então por mais simples que seja o projeto, pode trazer um impacto mais rápido e mais imediato", reforçou.