• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dificuldade para dormir? Psiquiatra aponta 5 hábitos para regular o sono

Saúde

Dificuldade para dormir? Psiquiatra aponta 5 hábitos para regular o sono

Insônia pode trazer muitos prejuízos à saúde

Foto: Divulgação

Quem nunca enfrentou dificuldade de dormir ou acordou em meio à noite e não conseguiu mais retornar o sono? Isso pode acontecer por conta de fatores externos, como estresse ou preocupação sore um fato, mas também pode estar relacionada a alguma doença, como a depressão.

Quem passa por uma noite mal dormida, fica irritado, cansado e sente dificuldade em se concentrar e também de memorizar algumas tarefas. “Ao longo da nossa vida vamos diminuindo o tempo de sono. Por exemplo, é recomendado que um bebê recém-nascido durma entre 14 e 17 horas; já o adulto é recomendado dormir entre 7 e 9 horas”, explica o psiquiatra Edson Kruger.

Existem algumas dicas que pode ajudar a ter uma boa noite de sono

- Crie hábitos de dormir sempre no mesmo horário;

- Cuidado com a ingestão de alimentos que possuem cafeína (chocolate, café, guaraná, alguns tipos de chás – branco, preto, verde, mate, dentre outros);

- Evite refeições “pesadas” antes de dormir;

- Seu quarto deve ser confortável, escuro e com temperatura agradável;

- Evite o uso de equipamentos eletrônicos quando estiver na cama. Eles atrapalham a secreção da Melatonina, nosso hormônio do sono.

Privar o sono traz sérias consequências para a saúde mental e física. “É comum recebermos queixas em relação ao aumento de peso, irritabilidade e concentração”, lembra Kruger.

Dependendo do grau da insônia, é preciso lançar mão de alguns medicamentos, sessões com psicólogos e mudanças de hábitos da vida. O importante é que toda a orientação seja feita por um especialista, para não correr riscos desnecessários.

“Nunca se automedique. Uma outra medida é não levar seus problemas do cotidiano para a cama. Assim, você ficará preocupado e não conseguirá dormir bem por conta da preocupação. Boas noites de sono, ajudam a prevenir doenças, recuperar energias, regular metabolismo e hormônios”, pondera Edson Kruger.