• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mulher quase morre depois de corte no dedo mindinho virar infecção

Saúde

Mulher quase morre depois de corte no dedo mindinho virar infecção

Uma série de bactérias comedoras de carne estavam consumindo a mão dela. O choque da ação das bactérias e os sintomas da sepse quase fizeram o corpo de Heather entrar em colapso

Foto: Reprodução/ The Sun

Heather Hartbottle, de 49 anos, cortou o dedo mindinho, e quando acordou, percebeu que o corte estava inchado e infecionado. A princípio ela não se preocupou. Um dia depois do ocorrido Heather foi ao hospital e descobriu que estava com sepse, uma inflamação generalizada que pode resultar em falência múltipla de órgãos. 

A recuperação foi descrita pelos médicos como "milagrosa", e envolveu múltiplos tratamentos e cirurgias emergenciais. Heather usa a história como incentivo para outras pessoas se conscientizarem.

O caso aconteceu no dia 7 de dezembro de 2017, mas ainda deixa sequelas. Apesar dos anos, ela lembra em detalhes do ocorrido e relembrou a história durante uma entrevista ao tabloide inglês The Sun. Segundo exames posteriores, ela contraiu estafilococos no corte. Enquanto as bactérias iam para o sangue, causando a sepse, a mão era tomada por uma fasceíte necrosante, mais conhecida como a ação das "bactérias devoradoras de carne". Em dois dias, os rins de Heather estavam falhando. "Eu estava perto da morte e estava enfrentando a possibilidade de amputação".

Para ser curada, ela tomou um coquetel de antibióticos e ainda precisou de várias operações de enxerto de pele para cobrir abcessos no antebraço e axila. Além disso, tomou remédios para ansiedade e depressão, que "ajudaram imensamente", segundo depoimento.

Com informações do Portal R7!