• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Coronavírus: para desafogar o HGL, prefeitura contrata leitos do Hospital Rio Doce

Saúde

Coronavírus: para desafogar o HGL, prefeitura contrata leitos do Hospital Rio Doce

Pacientes que precisarem de cirurgias ortopédicas devem ser encaminhados ao Hospital Rio Doce

Foto: Secom/PML
Leitos do hospital devem desafogar atendimento no HGL, segundo prefeitura.

Para diminuir a concentração de pessoas no Hospital Geral de Linhares (HGL) e agilizar cirurgias em espera, a Prefeitura de Linhares fechou um convênio para que o Hospital Rio Doce também receba pacientes cirúrgicos do município. O investimento é de R$ 90 mil por mês.

Os leitos contratados do Hospital Rio Doce, segundo a prefeitura, são para atender pacientes que necessitem de cirurgias ortopédicas com fraturas. Em Linhares, pacientes desse tipo dependem da disponibilidade de vagas em hospitais da Grande Vitória para fazer a cirurgia. E essa esperar pode durar semanas.

“O papel da contratualização é liberar o Hospital Geral de Linhares das demandas reprimidas e proporcionar o atendimento rápido aos pacientes e seus familiares, que, em muitos casos, aguardam por dias pela cirurgia via Regulação do Estado. A partir de agora, passaremos a contar com a possibilidade de realizar as cirurgias no Hospital Rio Doce, possibilitando a transferência destes pacientes e reduzindo a lotação do HGL”, explicou o prefeito Guerino Zanon.

Foto: Secom/PML
Erenilton Santana, de 41 anos.

O serviço já está em vigor. Erenilton Santana de Jesus, de 41 anos, não precisou esperar por uma vaga em hospitais da Grande Vitória e fez a cirurgia que precisava no Hospital Rio Doce. “Assim que cheguei ao HGL, fui atendido imediatamente e logo transferido para o Hospital Rio Doce para fazer a cirurgia. Fui muito bem atendido e não precisei esperar nada”, comemora.

Pacientes cirúrgicos com fraturas que chegarem ao HGL vão ser transferidos, no prazo de 24 horas, para o Hospital Rio Doce. Com isso, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a lotação do pronto socorro do HGL deve ser reduzida e, assim, concentrar os atendimentos de pessoas com sintomas ou casos confirmados de Covid-19 no hospital.