• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Procura por zinco manipulado aumentou em 400% em farmácias do ES

CORONAVÍRUS

Saúde

Procura por zinco manipulado aumentou em 400% em farmácias do ES

O mineral atua diretamente no processo de multiplicação e renovação celular, sendo indicado para aumento da imunidade

Larissa Agnez

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

Em meio a pandemia do novo coronavírus surgiram alguns medicamentos que passaram a ser muito procurados nas farmácias convencionais e de manipulação de todo o país. Um deles é o zinco. Além da comprovação médica de suas diversas reações do organismo, o zinco vem sendo apontado em alguns protocolos médicos para tratar a covid-19. 

De acordo com a farmacêutica e gerente geral da Farmácia Mônica Manipulação, Olga Martins, a procura pelo mineral aumentou em 400% desde o mês de março, quando começou a pandemia no Espírito Santo. 

"Sabemos que nada relacionado aos tratamentos do coronavírus são comprovados, pois a ciência ainda não teve tempo hábil para isso. O fato é que alguns médicos e até instituições estão adotando tratamentos que combinam zinco, hidroxicloroquina e azitromicina no tratamento de pacientes com covid-19. Esse fato foi suficiente para que o zinco fosse altamente procurado por muitos que adotaram essa diretriz de tratamento junto aos seus médicos", destacou a farmacêutica. 

De acordo com Olga, o zinco é responsável por toda a parte relacionada ao metabolismo celular. Faz parte do processo de multiplicação e renovação celular, por isso ele é tão importante para o sistema imunológico, pois ele atua diretamente da atividade celular. “Quando se tem a deficiência do zinco um dos principais sintomas sentidos pela pessoa é a queda da imunidade”. 

A dona de casa Ana Alvin disse que está fazendo a quarentena com a mãe que é idosa e que procurou pelo mineral para fortalecer o sistema imunológico de ambas, mas foi difícil de encontrá-lo. “Consegui pedir para manipular. Entregaram em casa e começamos a tomar. Achei importante, pois nas dosagens recomendadas, só traz benefícios. Também pensei em tê-lo em casa, como medida preventiva, em caso de algum familiar se contaminar e precisar para o tratamento”, disse ela.

De acordo com a farmacêutica, apesar do zinco ser uma substância com atuação reconhecida no funcionamento do sistema imunológico, é importante que seja feito com orientação médica. 

O mineral está presente em alimentos como a gema do ovo, castanhas, amendoim, leite integral e carne vermelha. "O zinco faz parte de várias moléculas do corpo e vai ter várias funções, não só no sistema imune, mas na musculatura, no sistema cardiovascular", completou.

Dose

Para quem tem interesse de fazer a suplementação, a dosagem diária do zinco quelado recomendada gira em torno de 60 mg por dia, mas é importante que um profissional habilitado o prescreva, pois até as vitaminas e minerais devem ser consumidos com orientação.