Pílula que combate a ressaca promete reduzir os efeitos do álcool no organismo. Entenda

Saúde

Pílula que combate a ressaca promete reduzir os efeitos do álcool no organismo. Entenda

Segundo a empresa, o remédio que é 100% natural e vegano, é capaz de reduzir em até 70% o efeito do álcool no sangue após uma hora da ingestão

Foto: Divulgação

Imagine só acordar no dia seguinte após uma noite longa regada à bebida alcóolica? O mal-estar provocado pela ressaca é iminente, certo? Mas e se caso ela pudesse, praticamente, deixar de existir? É isso que promete a farmacêutica sueca De Faire Medical. A pílula, que começou a ser comercializada nesta segunda-feira (4), em países da Europa, como Alemanha, Reino Unido, Suécia e Itália, foi batizada de Myrkl.

Segundo a empresa, o remédio que é 100% natural e vegano, é capaz de reduzir em até 70% o efeito do álcool no sangue após uma hora da ingestão e funciona por até 12 horas. Para atingir o efeito desejado, a recomendação é de tomar duas cápsulas até uma hora antes de começar a beber, de acordo com pesquisadores.

O suplemento é produzido a partir de farelo de arroz fermentado. Trata-se de um probióticos composto por duas bactérias amigáveis ao intestino: Bacillus subtilis e Bacillus coagulans. É desses microrganismos a missão de decompor, de maneira natural, o álcool em água e dióxido de carbono.

Junto com o Instituto de Ciência e Saúde Pfützner, da Alemanha, a Farmacêutica realizou uma pesquisa que foi publicada na revista Nutrition and Metabolic Insights. Durante o estudo, 24 jovens saudáveis foram acompanhados por sete dias; um grupo tomou o suplemento e o outro, um placebo, ou seja, remédio sem efeito.

Baseado no peso corpóreo de cada um dos voluntários, os jovens receberam uma pequena quantidade de álcool. O nível no sangue foi testado nas duas horas seguintes ao consumo.

Os pesquisadores descobriram que nos primeiros 60 minutos a quantidade de álcool no sangue foi 70% menor naqueles que receberam Myrkl quando comparado com a cápsula sem efeito.

O que leva à ressaca?

A sensação de ressaca é desencadeada por uma série de fatores. Entre elas, e considerada principal, pela desidratação provocada pelo consumo em excesso de álcool, que leva à dor de cabeça. Já o efeito direto do álcool no estômago, em geral, leva à náusea e dor de estômago.

Quanto menos álcool for ingerido no corpo, menores as chances de ficar desidratado. Mas vale lembrar que as pílulas só funcionam depois que o álcool passa do estômago para o intestino. Portanto, elas não vão parar o efeito do álcool no estômago.

Os comprimidos não são classificados como medicamentos, por isso, não precisam de aprovação da MHRA, sigla em inglês da Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos para a Saúde.

Os comprimidos (30), no Reino Unido, estão sendo vendidos por 30 libras, cerca de R$ 210.

Dicas para evitar e amenizar a ressaca

Enquanto o suplemento não chega ao Brasil, é importante seguir algumas dicas para não sofrer com a ressaca do dia seguinte:

- Fazer uma refeição leve antes de sair de casa. Nada de beber de estômago vazio;

- Para cada copo de drink, beber um copo de água;

- Não misture tipos diferentes de alcóolicos e evite fumar;

No dia seguinte:

- Beba café; ele vai ajudar a aliviar a dor de cabeça;

- Descanse bastante;

- Alimente-se com comidas leves;

- Beba bastante água.

*Com informações do Portal R7




Pontos moeda