• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Idosa é diagnosticada com malária em Vila Velha

Malária no es

  • COMPARTILHE
Saúde

Idosa é diagnosticada com malária em Vila Velha

A paciente está sendo monitorada por 40 dias e já fez tratamento

A paciente fez os exames que comprovaram a doença. / Foto: Getty Images

Uma idosa de 82 anos teve o diagnóstico de malária no município de Vila Velha. De acordo com a prefeitura do município, ela veio de Vila Pavão, cidade localizada no noroeste do Estado, para a casa da filha, em Riviera da Barra. Após se sentir mal, a mulher fez os exames que comprovaram a doença.

De acordo com a referência técnica da Vigilância Epidemiológica de Vila Velha, Rafaela Zamboni, a paciente está sendo monitorada por 40 dias e já fez tratamento. Os dois últimos exames deram resultado negativo e mostraram que a doença está controlada. É um caso "importado", segundo a prefeitura, pois a contaminação não se deu no município. Não há outro caso confirmado na região.

Um agente do Ministério da Saúde, lotado na vigilância ambiental de Vila Velha, esteve na localidade, fez a análise técnica e concluiu que não há risco de propagação da malária no bairro Riviera da Barra.

106 casos no Espírito Santo

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou nesta quarta-feira (08) o aumento do número de casos de malária no Espírito Santo. Segundo os novos dados, há 106 infectados, sendo 86 em Vila Pavão e 20 em Barra de São Francisco. Uma morte por causa da doença também foi confirmada pela Sesa. 

A suspeita, segundo a prefeitura de Vila Pavão, é de que a malária tenha ido para Vila Pavão levada por familiares de pessoas que vivem na região norte do País (Acre, Rondônia, Amazonas), que foram ao município visitar parentes ou os próprios moradores que tenham ido e voltado.