Você é o que come! Saiba como melhorar a sua alimentação

Saúde

Você é o que come! Saiba como melhorar a sua alimentação

Os alimentos são responsáveis por prevenir doenças, mas quando não são bem selecionados provocam problemas de saúde

Frituras em excesso elevem o colesterol e provocam doenças cardíacas e até mesmo acidente vascular cerebral. 

A frase: Você é o que você come pode até ser clichê, mas é a pura verdade. Os especialistas confirmam que o que ingerimos faz toda a diferença no nosso dia a dia e na saúde. Os alimentos são capazes de prevenir as doenças, mas também provocá-las. E a escolha do que comer ou não está em nossas mãos de acordo com a nutricionista Damylle Bueno.

“É possível fazer o que quiser com o seu organismo, ele responderá da forma com a qual será tratado, comendo bem a saúde será garantida, se o contrário for feito, certamente sua saúde será comprometida”, completou. 

Apenas como exemplo corriqueiro, quem come muita fritura e gordura animal, pode elevar o colesterol, sofrer infarto, acidente vascular cerebral e câncer. O consumo de carboidratos simples, aqueles sem muitas fibras, pode aumentar os níveis de glicose no sangue, causar diabetes e através dessa doença a pessoa pode ter complicações como falência renal, neuropatias e distúrbios sexuais. Esses são apenas alguns dos problemas que poderão ser ocasionados pela ingestão errada dos alimentos.

As mudanças vem com a construção de novos hábitos, e, se sua alimentação não anda muito regrada algumas mudanças básicas no seu dia a dia poderão te ajudar a ser mais saudável. 

Confira:

1) Coma uma grande variedade de alimentos ricos em vitaminas em porções reduzidas;

2) Restrinja o consumo de maionese, manteiga, creme de leite, salame, mortadela e presunto (embutidos em geral);

3) Aumente o consumo de fibras, ingerindo frutas, vegetais e leguminosas, como feijão, lentilha, soja, grão de bico. Dê preferência por leites desnatados;

4) Restrinja o consumo de açúcar e doces;

5) Use sal com moderação;

6) Retire a pele do frango e a gordura aparente das carnes antes do preparo; Utilize sempre óleos de origem vegetal na preparação dos alimentos como o azeite;

7) Evite o consumo de alimentos enlatados: Azeitonas,milho, ervilha, palmito, etc;

8) Dê preferência aos alimentos assados, cozidos ou grelhados;

9) Não consuma bebidas alcoólicas e  não fume cigarros;

10) Pratique atividades físicas no mínimo três vezes por semana e beba no mínimo 1 litro água por dia.