• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Saiba quais alimentos devem ser evitados durante a amamentação

Saúde

Saiba quais alimentos devem ser evitados durante a amamentação

Especialista alerta sobre como a alimentação da mãe pode interferir no bem-estar do bebê

Foto: Divulgação

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o leite materno deve ser a única fonte de alimentação dos bebês até os seis meses de vida. Por isso, desde 1992, entre os dias 01 e 07 de agosto, comemora-se a Semana Mundial do Aleitamento Materno, que tem como objetivo ressaltar a importância desse gesto tanto para o recém-nascido quanto para a mãe. Além disso, em 2017, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) criou o Agosto Dourado propondo assim, que todos os dias do período sejam dedicados ao incentivo da amamentação.

Rico em anticorpos e proteínas, o alimento é um grande aliado no que diz respeito à saúde da criança, contribuindo para a sua imunidade e redução da probabilidade de contrair infecções, além de ser um estimulante para o desenvolvimento do cérebro.

No entanto, é importante ressaltar que a alimentação da lactante é algo que também merece atenção especial. Afinal, tudo que for ingerido ao longo desses meses será repassado para o seu filho durante a amamentação.

Atento a isso, o Dr. Renato de Oliveira, ginecologista e obstetra da Criogênesis , listou alguns alimentos que não devem ser ingeridos ao longo desse período, evitando assim, possíveis desconfortos para nos bebês. Confira:

• Bebidas Alcoólicas. A ingestão de álcool diminui a absorção de nutrientes pela mãe, bem como a produção de leite. Além disso, pode ser transmitido rapidamente para o leite materno, fazendo com o que o bebê perca a fome e fiquei mais sonolento e irritado que o normal;

• Frutas Cítricas. Consumir laranja, maracujá, limão ou, até mesmo, goiaba afetam a função digestiva da criança ocasionando a famosa azia;

• Aspartame. Para substituir o açúcar durante as refeições, aposte em adoçantes naturais como a estévia, mel, açúcar mascavo ou agave;

• Cafeína. Se por um lado o álcool deixa o bebê sonolento, o café tem o poder de deixá-lo agitado e sem sono, interrompendo o desenvolvimento saudável do cérebro;

• Pimenta. O condimento interrompe a função intestinal referente as evacuações, causando irritabilidade;