• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Vitamina D pode ajudar a prevenir síndrome de ovário policístico

Saúde

Vitamina D pode ajudar a prevenir síndrome de ovário policístico

O nutriente também ajuda a fortalecer o coração, dentes, ossos e músculo. Nutróloga explica as funções do pré-hormônio no organismo

Foto: Pixabay

A Vitamina D é essencial em muitos processos vitais, incluindo a construção e manutenção de ossos fortes. Considerada um pré-hormônio, ela é responsável por regular a absorção de cálcio e fósforo, manter o funcionamento do cérebro, além de fortificar ossos, dentes e músculos, inclusive o coração. Importante na prevenção da osteoporose, a vitamina D também pode estar relacionada à expectativa de vida.

Para as mulheres, sua importância é ainda maior. "Na adolescência, o seu equilíbrio no organismo contribui para a prevenção da síndrome dos ovários policísticos, endometriose e infertilidade. Já na gestação, é responsável por prevenir diabetes gestacional, baixo peso fetal e complicações de parto. No menopausa, tem papel fundamental na manutenção dos níveis normais de cálcio e fósforo no sangue", explica a nutróloga dra Esthela Oliveira .

O sol tem papel fundamental para a absorção de vitamina D: alguns minutos diários de exposição ao sol, de 15 a 20 minutos, já são suficientes. De acordo com a especialista, alguns alimentos também são fontes ricas em vitamina D. "A maior concentração está em peixes de água salgada como salmão, arenque e sardinha. Ovos, cogumelos, leite e manteiga contêm pequenas quantidades". Ela explica que adultos devem ingerir 5 microgramas por dia, enquanto grávidas e mulheres amamentando devem aumentar o consumo diário para 10 microgramas.

Porém, antes de recorrer à suplementação, é preciso ficar atento aos sinais de deficiência. "Caso sinta cansaço em excesso, infecções que não curam, dores ósseas e queda de cabelo constante, deve-se procurar um especialista e, através de exames de sangue, identificar se os níveis estão abaixo do ideal", recomenda.