• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Deseja ser um empreendedor? Veja dicas de um especialista

Trabalho

Deseja ser um empreendedor? Veja dicas de um especialista

Especialista afirma que é possível criar negócios mesmo na crise, observando o movimento da sociedade atual

Foto: Divulgação / Pexel

O Brasil passa por uma crise de saúde que tem impactado diversas áreas, inclusive no trabalho. Por conta disso, muitos daqueles que tiveram seus empregos encerrados decidiram por empreender. Dados do Portal do Empreendedor demonstram que 14.966 capixabas se tornaram microempreendedores do fim de março até o mês de julho. Segundo a especialista em economia criativa Sandra Mara Selleste, é possível criar negócios mesmo na crise, observando o movimento da sociedade atual. Ela acredita, ainda, que o empreendedorismo social pode ser a bola da vez após esse período de crise.

A especialista explica que o empreendedorismo social é uma negócio que coloca como central a resolução de algum problema social, pensando no coletivo, de forma a colaborar em algum aspecto os problemas que envolvem o planeta e as pessoas.

Muitos têm percebido que é possível empreender com um propósito social e obter renda através dessa atividade. De acordo com Sandra Mara, essa é uma tendência que deverá ser parte do novo normal. “As pessoas estão vendo que o modo como elas agem em relação às pessoas e ao planeta trazem impactos. Logo, a gente observa que o indivíduo no centro das dimensões cultural, ambiental, social e financeira cria um desencadeador de mudança e através do empreendedorismo social ele consegue impactar essas dimensões de forma positiva”, disse.

Para quem deseja empreender socialmente, Sandra Mara dá algumas dicas:

1- Tenha um propósito

Diferente do empreendedorismo de negócios, o social tem como ideal um propósito de mudança no mundo. “É interessante ter isso bem claro, qual a sua intenção e como ela será desenvolvida de modo positivo perante a sociedade e o ambiente, que benefícios e a quem ela afetará. É preciso estudar e entender como aplicar isso. Uma dica é observar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), que é um documento criado pelas Nações Unidas ”, disse Sandra Mara.

2- Defina seu modelo de negócio

“Escolha uma metodologia orientada para inovação e novas economias. você deve ser conectar a pessoas que já atuam dentro de novos paradigmas”, recomenda.

3- Relacionamento

Construir relacionamentos é essencial em qualquer atividade. “Isso fortalece sua sua missão e seus valores, além de entender o que seu beneficiário está passando, suas dores, seus desejos e sua visão. Estreitar relacionamento é imprescindível”, disse Sandra Mara.

4- Trabalhe em equipe

O trabalho social por si só é algo que envolve pessoas. “Convide pessoas para fazer parte do seu projeto e os mantenha sempre informados sobre o objetivo final do negócio. Mas, não ache que por ser social a colaboração acontecerá como mágica. Vai exigir mudanças de hábitos e mentalidade, bem como o envolvimento e engajamento de todos”, afirma a especialista.

5 - Não tenha medo de errar

“Tem uma frase que diz o medo impede nossa pró-atividade. Muitas vezes na vida perdemos oportunidades incríveis apenas pelo medo de arriscar. Esteja aberto a novas experiências, seja ousado, tente! Caso o resultado não esteja coerente com o planejado, revise. Busque orientação e tenha força de vontade para recomeçar”, aconselha a especialista.