Secretaria da Fazenda prepara concurso previsto para o início de 2022

Trabalho

Secretaria da Fazenda prepara concurso previsto para o início de 2022

Para os candidatos que conseguiram garantir sua vaga o salário inicial é de R$9,6 mil e pode chegar a R $19,4 mil, com as progressões da carreira

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

A Secretária da Fazenda do Espírito Santo já iniciou os preparativos para o novo concurso público, com cargo de consultor do Tesouro Estadual. De acordo com a Secretária, a previsão para este concurso é para 2022.

Nesta segunda-feira (28), o Diário Oficial do Estado (DIO), divulgou a contratação da organizadora a FGV. Ao todo,  14 vagas estão sendo previstas, sendo dez para profissionais de Ciências Econômicas e quatro vagas para profissionais de Ciências Contábeis.

Para os candidatos que conseguiram garantir sua vaga o salário inicial é de R$9,6 mil e pode chegar a R$ 19,4 mil, com as progressões da carreira.

Atividades exercidas pelo consultor

-Elaboração e a execução do Orçamento Público Estadual;
-O controle de receitas e despesas do Estado;
-Controle da Dívida Pública e das metas fiscais;
-Gestão da Contabilidade Geral do Estado, entre outras funções.

"A carreira de consultor do Tesouro Estadual da Sefaz é estratégica para o setor público Estadual, pois incluem atividades que visam a garantir a disponibilidade de recursos para a execução de políticas públicas que afetam diretamente o cidadão, como a construção de escolas, unidades de saúde, segurança, estradas, entre outros serviços oferecidos pelo Estado", comentou o secretário de Estado da Fazenda, Marcelo Altoé.

Quando sai o edital?

De acordo com a Sefaz, nas próximas semanas o edital poderá ser publicado, pelas comissões responsáveis, contendo todas as informações sobre inscrições, conteúdo programático, data de provas e outros detalhes do critério de seleção.

"Esse concurso é uma excelente oportunidade para economistas e contadores que desejam trabalhar para a sociedade e, com isso, deixar um legado de contribuições técnicas para a melhoria da aplicação de recursos dos contribuintes", enfatizou o presidente da Comissão Organizadora do Concurso, o consultor do Tesouro Estadual, Eduardo Araujo.