• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Pronto-socorro infantil de Vitória recebe nome de médica assassinada

  • COMPARTILHE
Geral

Pronto-socorro infantil de Vitória recebe nome de médica assassinada

A médica Milena Gottardi foi baleada no dia 14 de setembro, ao sair do plantão no Hospital das Clínicas

O Governo do Espírito Santo determinou que o pronto-socorro infantil do Hospital Nossa Senhora da Glória, leve o nome da médica Milena Gottardi Tonini.

O decreto foi publicado no Diário Oficial do Espírito Santo desta quarta-feira (4), e entrou em vigor na última terça-feira (3).

O caso

A médica foi baleada no dia 14 de setembro, ao sair do plantão no Hospital das Clínicas (Hucam), em Vitória. No dia do crime, ela estava acompanhada por uma colega de trabalho, que pegava carona. Milena foi atingida por um disparo na cabeça, e a colega conseguiu escapar.

A vítima chegou a ser socorrida em estado grave para um hospital particular da capital. A equipe médica confirmou a morte de Milena por edema cerebral difuso (por conta da extensão do dano).

Seis pessoas são acusadas de participação no assassinato da médica, dentre elas, o ex-marido de Milena, Hilário Frasson, e o pai dele, Esperidião Carlos Frasson. 

Passeata

Centenas de pessoas participaram do último domingo (1º) da passeata em homenagem a Milena e contra constante violência contra a mulher no Espírito Santo.

A caminhada, que aconteceu na Praia de Camburi, contou com a participação de familiares e amigos de Milena e outra vítimas de feminicídio, colegas de trabalho da médica, além dos secretários André Garcia (Segurança Pública) e Julio Pompeu (Direitos Humanos).

Vestidos de branco e carregando cartazes, faixas e balões brancos, os participantes bradavam por justiça e mais segurança para as mulheres capixabas.