• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mãe de Thayná vai ao DML colher material para exame em ossada

  • COMPARTILHE
Polícia

Mãe de Thayná vai ao DML colher material para exame em ossada

A ossada, que pode ser da menina, foi encontrada próximo a uma lagoa do município de Viana

A mãe da menina Thayná Andressa de Jesus, de 12 anos, sequestrada no último dia 17, esteve por volta das 13 horas desta segunda-feira (13) no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória. Clemilda Aparecida de Jesus foi ao local para que fosse colhido o material para que o exame de DNA na ossada encontrada na última sexta-feira (10), em Viana, seja feito. 

A suspeita é de que o corpo seja da filha dela, mas apenas o exame pode comprovar. Familiares da jovem também estiveram no local, mas ninguém quis falar com a imprensa. Todos chegaram e foram direto para dentro do DML. 

Na manhã desta segunda-feira Clemilda gravou um vídeo falando sobre a prisão de Ademir Lúcio de Araújo Ferreira, de 55 anos. Ele é o principal suspeito do desaparecimento da menina, que pegou carona com ele no dia em que sumiu. 

"Meus amigos... Graças a Deus a polícia prendeu o monstro !!! Obrigado a todos pelo carinho e ajuda !!", escreveu a mulher nas redes sociais. Veja o vídeo!  

Após ser preso, o suspeito, também através de um vídeo, confessou o crime, mas disse que não abusou sexualmente da menina. Ele disse ainda que para fugir da oferta de ter relações sexuais com ele, Thayná saiu correndo do carro e acabou caindo em uma lagoa de Viana. Confira o depoimento dele!

Durante uma entrevista coletiva, o delegado José Lopes, chefe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que está responsável pelo caso, disse não acreditar na história contada por Ademir, já que ele também é estelionatário