• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Rose chama aliança entre PSDB e MDB de "decisão monocrática"

  • COMPARTILHE
Política

Rose chama aliança entre PSDB e MDB de "decisão monocrática"

Apesar de toda a situação adversa, ela não se vê fora da disputa ou do partido até o momento. "Hoje, embora tenho recebido vários convites, continuo firme com o propósito de ir a convenção do MDB para disputar a eleição", concluiu

A aliança anunciada nesta segunda-feira (19) entre MDB e PSDB para as eleições de 2018, que tem como provável propósito indicar o atual governador Paulo Hartung (MDB) a reeleição, desagradou a senadora Rose de Freitas (MDB) e provocou um racha ainda maior na sigla.

"Político que não dialoga, que só conversa com uma pessoa acaba tomando uma decisão monocrática. O Lelo Coimbra (presidente do MDB) mudou o comportamento dele, ele tem decidido sozinho, sem ouvir as pessoas. Ele deveria encontrar o partido, afinal ele não está fazendo uma aliança, ele está continuando a aliança que foi feita na última eleição", explicou.

Apesar de toda a situação adversa, ela não se vê fora da disputa ou do partido até o momento. "Hoje, embora tenho recebido vários convites, continuo firme com o propósito de ir a convenção do MDB para disputar a eleição", concluiu.

"Candidato natural"

De lados opostos dentro do mesmo partido, Hartung e Rose são vistos atualmente como dois dos prováveis candidatos ao Palácio Anchieta. No entanto, se depender de Lelo Coimbra, o presidente estadual da sigla, a situação está praticamente definida.

"Hartung hoje é um candidato natural pelo seu desempenho e pelo apoio que tem recebido da executiva nacional. Já a senadora tem conversado muito com a oposição ao governo, como Renato Casagrande (ex-governador), Luciano Rezende (prefeito de Vitória) e seus movimentos estão muito ligados a oposição", esclareceu Lelo deixando claro que não vê Hartung fora do partido.

"A minha resposta é afirmativa: quem aposta na saída do Hartung do MDB aposta errado".