• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Pelo menos seis policiais militares foram baleados neste ano no Espírito Santo

  • COMPARTILHE
Polícia

Pelo menos seis policiais militares foram baleados neste ano no Espírito Santo

Alguns deles estavam trabalhando, outros estavam de folga. Dois deles acabaram morrendo após o crime

A madrugada desta quarta-feira (25) foi marcada por mais um crime envolvendo policiais militares. O soldado Lucas Sabino dos Santos foi baleado no peito e acabou morrendo. Ele não estava a trabalho e não se sabe se era alvo ou se foi confundido com alguém.

O crime, que aconteceu no bairro Itacibá, em Cariacica, é mais um caso envolvendo militares. Somente neste ano, de acordo com um levantamento realizado pela Rede Vitória, pelo menos seis policiais foram baleados ou mortos.

No dia 26 de janeiro, um policial foi baleado e um suspeito morreu após assalto à um motorista de aplicativo, em Vila Velha. O motorista seguia para a casa quando foi alvo dos criminosos. Ele teve o carro roubado e acionou a polícia. Na perseguição, houve troca de tiros. O suspeito morreu com um tiro na cabeça. Um sargento da PM levou um tiro na boca enquanto estava dentro da viatura.

No mesmo dia, outro policial militar foi baleado. Boanerges do Bem Brandão, 34 anos, estava de folga e morreu durante uma tentativa de assalto em Itapemirim, litoral Sul do Estado. O militar era mineiro e estava de férias em Itaipava com a família.

Em fevereiro, um policial militar foi baleado por criminosos durante uma tentativa de assalto no bairro Nova Bethânia, em Viana. O soldado da PM saía de um supermercado quando o crime aconteceu. Ele estava de folga e voltava de carro para casa. Ao se aproximar de um cruzamento, a vítima parou o veículo, e nesse momento, dois homens que estavam em u,a motocicleta começaram a atirar. A vítima foi atingida por dois disparos e socorrido por um colega.

No dia 20 de março, um soldado da PM foi baleado na cabeça em Vila Velha. Ele voltada da academia, em São Torquato, quando foi abordado por dois criminosos. Investigações apontam que ele pode ter sido confundido com um traficante. Afonso Miller Costa de Mello, 23 anos, foi levado para um hospital e ficou internado por uma semana. Ele faleceu na noite de 27 de março.

Ainda em março, no dia 21, o sargento da reserva Lucimar Schultz, 52 anos, foi atingido por três disparos de manhã, quando tirava o carro da garagem de casa, no bairro Soteco, em Vila Velha. O militar ainda reagiu e atingiu um dos suspeitos. O sargento passou por cirurgias, perdeu um rim, mas se recupera bem em casa.